Menu Principal

Associe-se

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

cartaz12

 

Lançamento do livro “Mulheres, Gênero e Violência”, por Sofia Santos, com presença de algumas das autoras. Decorrerá na sala 120 da FPCEUP.
O livro, coordenado por Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo, é uma produção do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania de Marília (São Paulo) e saiu recentemente como edição da UNESP: Oficina Universitária | Cultura Acadêmica.
Insere-se no debate académico sobre as condições sociais das mulheres e as mulheres na educação, as relações de género, a igualdade e a violência contra as mulheres.
Contando com o contributo de um conjunto amplo de autores e autoras de diversos campos científicos e contextos nacionais, é uma obra que interessa ler.
Não perca a sua apresentação, que conta com a presença de três das autoras, Custódia Rocha, María José Chisvert-Tarazona e Eunice Macedo.

Sofia Almeida Santos é doutorada e mestre em Ciências da Educação pela FPCEUP nas áreas de intervenção comunitária, género, educação sexual e juventude. Enquanto membro colaborador do CIIE desde 2006, tem participado ativamente em projetos de investigação financiados e realizado mobilidades intensivas como visiting researcher em universidades europeias (Universidade de Cambridge e de Leeds, em Inglaterra, e Mykolas Romeris, na Lituânia). Atualmente é bolseira de investigação no projeto de investigação internacional RESL.eu (“Reducing Early School Leaving in the EU”, 2013-2018), financiado pela Comissão Europeia através do 7º Programa-Quadro de I&D. Tem organizado e participado em diversos congressos nacionais e internacionais e publicado capítulos de livros e artigos científicos em revistas científicas de circulação internacional nas suas temáticas de interesse, nomeadamente nas revistas Gender & Education, Educação & Sociedade, Educação, Sociedade & Culturas. É co-autora do livro Sexualidades, Gravidez e Juventude. A par desta atividade, tem desenvolvido projetos de intervenção com a comunidade e trabalhado como voluntária em diversas ONG.

A VICE PRESIDENTE DO INSTITUTO PAULO FREIRE DE PORTUGAL

EUNICE MACEDO

 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

CICLO “EDUCAÇÃO, RESISTÊNCIA E AÇÃO”

image0100


No dia 5 de novembro, pelas 17 horas, poderá participar em mais uma das conferências do ciclo “Educação, Resistência e Ação”, com a colaboração de María José Chisvert na apresentação de uma sessão que intitulou Las Comunidades de Aprendizaje en Espanã.  

María José Chisvert-Tarazona é Doutora em Pedagogia e Professora no Departamento de Didàctica i Organització Escolar da Universidade de València. É membro do grupo de investigação “Transiciones al mundo laboral en poblaciones de riesgo”, e as suas linhas de investigação giram em torno da acreditação das qualificações profissionais, da formação e orientação profissional, do emprendimento social e da inovação educativa, tendo sido recentemente investigadora principal de um projecto nesta área focado em coletivos vulneráveis e financiado pela Universidade de Valência (2013-2014). María José Chisvert-Tarazona também tem como preocupação a perspectiva de género, dimensão que inclui nos seus trabalhos.  

Dada a relevância e interesse desta temática, também no contexto português, contamos com a sua participação neste debate, que promete ser muito rico. 

Será emitido certificado de presença para as pessoas interessadas. 

 

A Vice Presidente do Instituto Paulo Freire de Portugal

Eunice Macedo 

 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

3° Seminário Internacional Paulo Freire – Brasília

Considerando que Paulo Freire foi eleito “Patrono da Educação do Brasil”, para comemorar os seus 20 anos de existência, o Conselho Nacional de Educação (CNE) organizou, em Brasília, o 3º Seminário Internacional Paulo Freire, escolhendo para tema geral dos trabalhos “Conhecimento, Currículo e Cultura na Educação Básica: Leitura de Paulo Freire”.
Compuseram a mesa de abertura desta sessão o Presidente do CNE, o Secretário de Educação Básica do MEC, o Presidente da Câmara da Educação Básica e o Presidente da Câmara da Educação Superior.
As comunicações, que foram seguidas de um vivo diálogo com o público, estiveram a cargo de Luiza Cortesão, Professora Emérita da Universidade do Porto e Presidente da Direção do Instituto Paulo Freire de Portugal; Clodomir Ferreira, Professor Catedrático (aposentado) da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília e Célio Cunha, Professor Catedrático (aposentado) da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília.

Dando continuidade à iniciativa de aprofundar o estudo da obra de Paulo Freire, será realizado pelo Conselho Nacional de Educação - MEC a terceira edição do Seminário Paulo Freire. No último trimestre do ano de 2015, o CNE dará início às comemorações dos seus 20 anos e haverá um Fórum da Educação Brasileira, do qual constará o tema Conhecimento, Currículo e Cultura na Educação Básica. Desta forma, a Câmara de Educação Básica propôs a realização da edição deste ano do Seminário Paulo Freire sobre essa temática em leitura freireana.
Programação

 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

TEATRO DO OPRIMIDO

Vimos convidar-vos a participar nesta oficina de Teatro do Oprimido, com foco na situação política e social que se sente e que por todos os meios é difundida como “tempos de crise”. Com – “Imagens e sons da crise” – pretende-se analisar criticamente a situação atual em Portugal e na Europa, através da linguagem e da estética teatral, promovendo o resgate da palavra, som e imagem como mecanismos de re-alfabetização sensorial e de contra-informação. Procurar-se-á promover a conscientização, o diálogo e a desconstrução de discursos dominantes. O workshop terá uma componente muito prática através da dinamização de jogos teatrais, da exploração da linguagem estética: palavra, som e imagem e da utilização de exercícios de teatro-jornal. 

Este workshop – sendo uma ação autónoma e aberta a todas as pessoas interessadas – dá também continuidade ao ciclo de “Teatro do Oprimido” com Inês Barbosa. Para além de aprofundar conhecimentos nesta forma de intervenção social, as pessoas participantes poderão experienciar de forma aprofundada,  metodologias úteis ao seu desenvolvimento individual e à ação com as comunidades.

A oficina decorrerá na FPCEUP nos dias 23 e 24 de Outubro com o seguinte horário: sexta das 18h às 23 h e sábado das 11h às 20h.

Máximo de participantes: 25 por ordem de inscrição

Inscrições: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Sócios/as IPFP| desempregados |estudantes: 15 euros
Restantes participantes: 20 euros
 

Esperando poder contar convosco,

A Vice-Presidente do Instituto Paulo Freire

Eunice Macedo

 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 
«InícioAnterior123456789SeguinteFinal»

Pág. 3 de 9